Santos

Litoral Sul

Santos é um município portuário sede da Região Metropolitana da Baixada Santista, localizado no litoral do estado de São Paulo, no Brasil. Abriga o maior porto da América Latina,7 o qual é o principal responsável pela dinâmica econômica da cidade ao lado do turismo, da pesca e do comércio. A cidade é sede do poder executivo paulista todo dia 13 de junho (capital simbólica de São Paulo) e também é sede de diversas instituições de ensino superior.

Santos possui uma economia crescente. Em 2010, a cidade era a 17ª mais rica do país, com produto interno bruto de R$ 27 616 035 000. Durante um bom tempo, sua economia centrou-se na comercialização do café (que também era a principal fonte de riqueza do país), abrigando, no Centro, a Bolsa Oficial do Café, importante centro de negócios do mercado cafeeiro inaugurada em 1922, e que resultou no atual Museu do Café, espaço que promove exposições sobre a trajetória do produto pelo Brasil e pela cidade e que é decorado com obras do artista Benedito Calixto.

Maior cidade do litoral paulista, durante todo o ano o turismo em Santos cresce em altos índices. O principal cartão postal do município são os 7 km de praia. O Livro dos Recordes situa os jardins da orla de Santos como formadores do maior jardim frontal de praia em extensão do mundo.

Entre os principais pontos turísticos de Santos além de suas praias, podemos citar os Jardins da orla de Santos que é o maior jardim frontal de praia em extensão do mundo . O Aquário de Santos (antigo Aquário Municipal de Santos), inaugurado em 1945 pelo então Presidente da República Getúlio Vargas e ampliado em 2006, é o segundo parque público mais visitado do estado e atrai turistas do mundo inteiro. Outros lugares de interesse são a Museu do Café Brasileiro, o Orquidário Municipal, o , Jardim Botânico Chico Mendes, o Teatro Coliseu Santista, o *Panteão dos Andradas, o Monte Serrat, e a Estação do Valongo. A Laje de Santos é um lugar muito procurardo por mergulhadores. Entre as igrejas de interesse temos a Catedral de Santos, a Igreja Santo Antônio do Embaré, e a Igreja do Valongo.

Santos é um dos 15 municípios paulistas considerados estâncias balneárias pelo estado de São Paulo, por cumprirem determinados pré-requisitos definidos por Lei Estadual. Tal status garante a esses municípios uma verba maior por parte do estado para a promoção do turismo regional. Também, o município adquire o direito de agregar junto a seu nome o título de Estância Balneária, termo pelo qual passa a ser designado tanto pelo expediente municipal oficial quanto pelas referências estaduais.