Fênix investe em ações de acessibilidade em Águas de Lindóia

Data de Postagem: 
22/05/2014

A Expresso Fênix declarou que os ônibus do sistema de transporte coletivo de passageiros de Águas de Lindóia, composto por 11 veículos 0 km, atendem as determinações da legislação vigente que garantem acesso aos Portadores de Necessidades Especiais (PNEs) ou pessoas com mobilidade reduzida. Idosos com idade igual ou superior a 65 anos, gestantes, lactantes e pessoas acompanhadas com crianças de colo terão prioridade no atendimento do serviço público.

Esta medida é adotada pela empresa nos municípios do Estado em que possui atuação conforme a Política de Qualidade firmada com seus usuários. “Temos compromissos definidos com os usuários. Por isso, ao assumir o sistema em Águas de Lindóia decidimos implantar plataforma elevatória nos veículos para os que necessitam de apoio conforme determinação das normas vigentes em nível nacional”, disse o diretor da empresa, Victor Hugo Granziera.

O atendimento aos Portadores de Necessidades Especiais, de mobilidade reduzida ou as que integram grupos diferenciados também reflete, segundo Victor Hugo Granziera, a preocupação da prefeitura de Águas de Lindóia. “A administração pública, responsável pelo edital de licitação, demonstrou desde o início a sua preocupação com o respeito, o interesse e a defesa da qualidade dos serviços que serão oferecidos a este grupo da comunidade”, complementou.

A operação do sistema de transporte coletivo de passageiros em Águas de Lindóia terá início no sábado, 14/6. “Águas de Lindóia integra um grupo de municípios preocupado com o deslocamento seguro de Portadores de Necessidades Especiais ou de mobilidade reduzida. Trata-se de um processo de respeito e cidadania que demonstra, no entendimento da empresa, o compromisso da atual gestão pública municipal com a comunidade”, concluiu Victor Hugo Granziera.

Investimento

A Expresso Fênix investiu R$ 3,2 milhões no projeto de reestruturação e consequente melhoria da infraestrutura do serviço de transporte coletivo de passageiros de Águas de Lindóia. O recurso financeiro também foi empregado na adequação de veículos para o atendimento dos Portadores de Necessidades Especiais ou mobilidade reduzida e para a implantação do sistema de bilhetagem eletrônica (que será comercializado na rodoviária do município).